Depoimento da Desembargadora Conceição Mousnier

“Antes mesmo de conhecer o trabalho de grande alcance social desenvolvido pelo Grupo de Apoio à Adoção “QUINTAL DA CASA DE ANA”, a minha atenção foi despertada pela sua denominação.

Quintal é um lugar mágico, onde crianças brincam, aprendem regras de convivência, desenvolvem laços de afeto, sob o olhar responsável de um adulto.

Era assim o quintal da casa de minha avó, na Ilha do Governador. A criança que eu era juntamente com meus primos e amiguinhos, em meio as nossos folguedos, éramos seduzidos pelo delicioso aroma das empadas de queijo e do bolo de milho que vinha da cozinha, mas só era permitido comer depois que o café estava coado.

O QUINTAL DA CASA DE ANA é tudo isso e muito mais. Seus profissionais liderados pela Dra. Bárbara Toledo e Dr. Sávio Bittencourt, seus fundadores, realizam mágicas, na verdade milagres, e milagres acontecem todos os dias em lugares nos quais existem homens de boa e firme vontade.

Preparando os candidatos à adoção para exercerem a maternidade e paternidade responsáveis, com metodologia própria e competência, despertam consciências sobre os éticos valores que envolvem o ato de adotar uma criança, de qualquer raça, de qualquer idade, de qualquer sexo, ou grupo de irmãos e partilham o segredo de uma educação bem sucedida dos filhos que a vida confia a cada um de nós: amor incondicional e disciplina inteligente.

Procurando conhecer o profícuo trabalho da casa fiquei maravilhada. Estabelecemos uma parceria e hoje oQUINTAL DA CASA DE ANA é uma instituição que colabora desprendidamente com a CEJA e a CEJIJ, órgãos do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, dos quais estou coordenadora.

Nesta oportunidade, completando o QUINTAL DA CASA DE ANA uma década de existência, não poderia deixar de testemunhar a minha admiração, respeito e afeto por todos os que atuam nesse centro de emissão e recepção de amor impessoal ao próximo, formando geração de pais para geração de filhos, filhos que terão seus direitos assegurados no seio de uma família, permitindo fluir o potencial positivo de cada ser em formação para uma sociedade tão necessitada de pessoas de bem.

Deus santifique o QUINTAL DA CASA DE ANA.”